Receita de gengibre e pimenta fermentada

Este receita eu fiz chegando no sítio logo após ministrar um curso no SESC Taubaté. A aula tratou de refrigerantes, e sobrou um pouco de gengibre da atividade prática onde todos aprenderam a fazer um ginger ale.

Um pouco é modo de falar; seria impossível ingerir esta quantidade de uma só vez. As opções para conservar poderiam ser desidratar, congelar ou fermentar.

Como a fermentação é para mim, a opção mais divertida, interessante e saudável de conservação de vegetais, fui logo pensando em que fazer. Olhei para os lados e no pomar tínhamos limão e pimentas. Um alho também entrou na parada.

Como estava sem pilha na balança, as medidas são aproximadas. É um exercício interessante para se desprender da cozinha industrial, onde tudo é meticulosamente medido.

 1 punhado de gengibre ralado
 1 punhado de pimenta picada
 1 dente de alho
 1 folha de louro, ramo de alecrim ou outra erva ao alcance
 1 tanto de sal (um pouco mais do que você acharia suficiente)
 1 pouco de óleo para cobrir
 1 limão caipira
 1 pedra

Escolha uma pedra do jardim que seja bonita e um pouco maior que a boca do pote. Lave bem com água corrente e ferva-a, asse-a ou frite-a numa frigideira ou na chapa do fogão a lenha por 5 minutos. Deixe esfriar e reserve.

2

Misture bem todos ingredientes menos o óleo e acondicione-os em um pote de vidro. insira a pedra no topo da conserva de forma a trava-la, e para que os ingredientes não flutuem.

3

Adicione o óleo para selar a conserva e tampe-a. Nas primeiras duas semanas, abra o pote para que o gás formado pela fermentação escape. Decorrido este tempo, já pdoe ser consumida. Conserve na geladeira.

Deixe um comentário

Os comentários devem ser aprovados antes de serem publicados