Pão rústico com semente de jaca
2

Ainda no intento de utilizarmos ao máximo os vegetais que compramos, outra parte de uma fruta solenemente ignorada e sistematicamente descartada é a semente da jaca. Sabemos que a jaca não é uma fruta amada em consonância por todos. O Chutney de Jaca é uma forma de apresentação da fruta que diminui muito seu aroma tão característico: mesmo as pessoas que não morrem de amor por ela e que experimentam o Chutney gostam muito, e depois de avisados só com muita cara de pau pra mudar de opinião.

Já a semente da jaca não traz o aroma intenso tão característico da fruta. Ele é fonte de fibras, vitaminas (A, B1, B2, B3, B5, B6 e C) , minerais, cálcio, iodo, fósforo, ferro, cobre e potássio, amidos de cadeia longa (carboidratos de longa digestão) além de diversos fitonutrientes, ou seja, ideal para enriquecer o potencial nutricional do pão, e aproveitar para diminuir a quantidade de farinha de trigo, o que muitas vezes é o objetivo das receitas de pão alternativas.

Ingredientes

 400 g Semente de jaca já cozida por 30 min.
 300 ml Água
 300 g Farinha de trigo branca
 300 g Farinha de trigo integral
 200 g Levain reformado
 25 g Sal
 Fubá ou farinho de milho para polvilhar

Forma de Preparo

1

Após a limpeza da jaca, separar apenas as sementes e ferver com água suficiente para cobri-las,  por 30 minutos. Após ferver, descartar a água da fervura, adicionar os 300 ml de água e bater no liquidificador até obter uma mistura homogênea. Reserve.

2

Misturar as farinhas, o levain, água e as sementes de jaca batidas. Sove por 5 minutos.

3

Adicione o sal e sove por mais 5 minutos.

4

Modele já no formato em que irá assar e acomode a massa em uma tigela ou panini. Polvilhe farinha de milho (ou outra de sua preferência) em cima e cubra com um pano de prato.

5

Coloque a tigela em um lugar em que não bata vento e deixe crescer. Por ser um pão rústico e com fermento natural, o crescimento pode variar de 1 a 4 horas, dependendo da força do levain e da temperatura ambiente.

6

Opcionalmente nós fizemos a fermentação a frio, ou seja, deixando a massa crescer por 10 horas na geladeira (de um dia para o outro). Isso torna o sabor do pão um pouco mais azedo, porque o levain vai ter mais tempo para produzir ácido acético.

7

20 minutos antes de assar o pão, ligue o forno a 250 graus e coloque dentro uma panela (vazia e tampada) grande, alta, que tenha espaço suficiente para o pão crescer. Preste bem a atenção para escolher uma panela que não tenha nenhuma das suas partes de plástico (cabos ou tampas).

Após 20 minutos, retire a panela com cuidado, abra e polvilhe todo o fundo com farinha de milho ou fubá. Isso fará com que o pão não grude.

Com cuidado, sem amassar e ou apertar a massa, coloque-a na panela quente, borrife água em cima da massa, feche a panela e devolva ao forno.

8

Aqueça o forno por 20 minutos a 250 graus.

Com cuidado, sem amassar e apertar a massa, transfira o pão do recipiente para a forma. Lembre-se que o pão ainda crescerá, escolha uma forma grande.

Borrife água em cima da massa e coloque a forma no forno.

9

Após 10 minutos assando no forno a 250 graus, baixe a temperatura para 210 graus e deixar mais 35 minutos, quando então você já pode abrir para ver se ele está bonito.

Caso pareça assado (com casca mais dura e corado), retire da panela ou forma e bata no fundo: se ele fizer um barulho de oco, está no ponto para tirar do forno e secar. Se não estiver, volte por mais um tempinho até o barulho ficar de oco.

Quando estiver pronto, é importante deixar o pão secar em cima de uma grelha por 10 minutos, pode até ser na grelha do fogão. Está pronto!!

Ingredientes

 400 g Semente de jaca já cozida por 30 min.
 300 ml Água
 300 g Farinha de trigo branca
 300 g Farinha de trigo integral
 200 g Levain reformado
 25 g Sal
 Fubá ou farinho de milho para polvilhar

Modo de preparo

1

Após a limpeza da jaca, separar apenas as sementes e ferver com água suficiente para cobri-las,  por 30 minutos. Após ferver, descartar a água da fervura, adicionar os 300 ml de água e bater no liquidificador até obter uma mistura homogênea. Reserve.

2

Misturar as farinhas, o levain, água e as sementes de jaca batidas. Sove por 5 minutos.

3

Adicione o sal e sove por mais 5 minutos.

4

Modele já no formato em que irá assar e acomode a massa em uma tigela ou panini. Polvilhe farinha de milho (ou outra de sua preferência) em cima e cubra com um pano de prato.

5

Coloque a tigela em um lugar em que não bata vento e deixe crescer. Por ser um pão rústico e com fermento natural, o crescimento pode variar de 1 a 4 horas, dependendo da força do levain e da temperatura ambiente.

6

Opcionalmente nós fizemos a fermentação a frio, ou seja, deixando a massa crescer por 10 horas na geladeira (de um dia para o outro). Isso torna o sabor do pão um pouco mais azedo, porque o levain vai ter mais tempo para produzir ácido acético.

7

20 minutos antes de assar o pão, ligue o forno a 250 graus e coloque dentro uma panela (vazia e tampada) grande, alta, que tenha espaço suficiente para o pão crescer. Preste bem a atenção para escolher uma panela que não tenha nenhuma das suas partes de plástico (cabos ou tampas).

Após 20 minutos, retire a panela com cuidado, abra e polvilhe todo o fundo com farinha de milho ou fubá. Isso fará com que o pão não grude.

Com cuidado, sem amassar e ou apertar a massa, coloque-a na panela quente, borrife água em cima da massa, feche a panela e devolva ao forno.

8

Aqueça o forno por 20 minutos a 250 graus.

Com cuidado, sem amassar e apertar a massa, transfira o pão do recipiente para a forma. Lembre-se que o pão ainda crescerá, escolha uma forma grande.

Borrife água em cima da massa e coloque a forma no forno.

9

Após 10 minutos assando no forno a 250 graus, baixe a temperatura para 210 graus e deixar mais 35 minutos, quando então você já pode abrir para ver se ele está bonito.

Caso pareça assado (com casca mais dura e corado), retire da panela ou forma e bata no fundo: se ele fizer um barulho de oco, está no ponto para tirar do forno e secar. Se não estiver, volte por mais um tempinho até o barulho ficar de oco.

Quando estiver pronto, é importante deixar o pão secar em cima de uma grelha por 10 minutos, pode até ser na grelha do fogão. Está pronto!!

Pão rústico com semente de jaca

2 Comments

  1. Juliana Nicolucci Tramontina 21/11/2019 Responder

    É possível substituir por outra farinha? Não como farinha de trigo. Com qual ficaria melhor? Obrigada.

    • Léo Andrade 01/01/2020 Responder

      Juliana, não tentamos com outras farinhas além do trigo. Mas há receitas na internet que podem te interessar.

Escreva um comentário

Seu endereço de e-mail não será divulgado.

TOP