Bolo vegano de puba (mandioca fermentada) com coco e goiabada
4

Participamos dias 4 e 5 de agosto de 2018 do Festival da Terra ao Prato, onde o nosso desafio era servir comida aos mais de 3000 visitantes da feira - com um detalhe adicional - tudo tinha que ser vegano!

Foi um desafio divertido fazer uma receita de bolo que ficasse muito gostoso sem leite, ovo ou manteiga. Depois de alguns testes e conversa com a Ana Luiza Trajano do Instituto Brasil a Gosto, acertei em uma receita que foi o maior sucesso e elogiado até pela Chef. Mara Salles do Tordesilhas.

Ingredientes

 400 g mandioca (macaxeira) pubada - explicação abaixo
 200 ml leite de coco
 100 g coco ralado seco não adoçado
 4 g sal (+ - 1 colher de café cheia)
 230 g açúcar (+ - 1 xícara cheia)
 70 g óleo de girassol
 100 g goiabada cascão cortada em cubos
 10 g fermento químico para bolo (opcional)

Forma de Preparo

1

Corte a goiabada em cubos e reserve.

2

Se for utilizar fermento químico (para ficar pronto após o preparo), pré aqueça o forno até atingir 200 ºC. Se não for utilizar fermento e esperar a massa fermentar, pule.

3

Processe no liquidificador até obter massa lisa e homogênea: mandioca pubada, leite de coco, açúcar, sal e óleo de girassol.

4

Transfira para um bowl e incorpore: coco ralado, goiabada cortada.

5

Caso não queira adicionar o fermento químico, deixe o bolo fermentar na forma por 8 horas e depois asse. Se não for esperar, adicione o fermento e imediatamente coloque no forno. Pela massa de puba ser ácida, irá reagir imediatamente e começar a borbulhar, se demorar demais, irá perder o efeito para o crescimento do bolo.

6

Asse por 1h20min ou até dourar a superfície.

Como pubar a mandioca
7

Para pubar a mandioca, descasque, coloque em um balde com água até cobrir ou em um pote de fermentação com airlock, e deixe fermentar por 20 dias em temperatura ambiente. A mandioca deve ficar inteira submersa durante todo o período de fermentação e haverá um cheiro forte após o quinto dia, não estranhe.

Depois do 20º dia, abra o pote, retire as mandiocas inteiras, que já estarão bem moles, e utilize para fazer o bolo.

Ingredientes

 400 g mandioca (macaxeira) pubada - explicação abaixo
 200 ml leite de coco
 100 g coco ralado seco não adoçado
 4 g sal (+ - 1 colher de café cheia)
 230 g açúcar (+ - 1 xícara cheia)
 70 g óleo de girassol
 100 g goiabada cascão cortada em cubos
 10 g fermento químico para bolo (opcional)

Modo de preparo

1

Corte a goiabada em cubos e reserve audible.

2

Se for utilizar fermento químico (para ficar pronto após o preparo), pré aqueça o forno até atingir 200 ºC kostenlose mp3 lieder downloaden. Se não for utilizar fermento e esperar a massa fermentar, pule.

3

Processe no liquidificador até obter massa lisa e homogênea: mandioca pubada, leite de coco, açúcar, sal e óleo de girassol diablo 3 mac herunterladen.

4

Transfira para um bowl e incorpore: coco ralado, goiabada cortada ps4 dlc herunterladen.

5

Caso não queira adicionar o fermento químico, deixe o bolo fermentar na forma por 8 horas e depois asse itunes purchased movie download. Se não for esperar, adicione o fermento e imediatamente coloque no forno. Pela massa de puba ser ácida, irá reagir imediatamente e começar a borbulhar, se demorar demais, irá perder o efeito para o crescimento do bolo excel für windows 10 kostenlosen.

6

Asse por 1h20min ou até dourar a superfície lieder kostenlos downloaden android.

Como pubar a mandioca
7

Para pubar a mandioca, descasque, coloque em um balde com água até cobrir ou em um pote de fermentação com airlock, e deixe fermentar por 20 dias em temperatura ambiente herunterladen. A mandioca deve ficar inteira submersa durante todo o período de fermentação e haverá um cheiro forte após o quinto dia, não estranhe.

Depois do 20º dia, abra o pote, retire as mandiocas inteiras, que já estarão bem moles, e utilize para fazer o bolo fortnite downloaden op iphone 6.

Bolo vegano de puba (mandioca fermentada) com coco e goiabada

4 Comments

  1. Reginahelenacobre 24/07/2019 Responder

    Gostei muito das receitas

  2. DELITA MEDEIROS 14/12/2019 Responder

    TENHO DUAS DÚVIDAS:O AIPIM FICA NA MESMA ÁGUA POR VINTE DIAS OU TEM QUE IR TROCANDO A ÁGUA TODO DIA?NO VIGÉSIMO DIA QUANDO COAR O AIPIM,TEM QUE LAVAR OU SÓ ESCORRER?

    • Léo Andrade 01/01/2020 Responder

      Delita, fica na mesma água por 20 dias e após esse período, é só utilizar.

  3. Jane Costa 16/05/2020 Responder

    Não gosro de goiabada, daí coloquei 500 gramas de carimã (assim que chamamos aqui em Salvador também). Ficou uma tripa o.bolo e em 40 minutos já estava cozido.

Escreva um comentário

Seu endereço de e-mail não será divulgado.

TOP