Clássico da culinária indiana, panqueta feita a partir de arroz e lentilhas fermentadas. Aqui oferecemos nossa releitura. Base saborosa e neutra para exercitar sua criatividade e criar diversos acompanhamentos, tanto salgados quanto doces. Pode ser servida em qualquer refeição, do café da manhã à ceia.

Ingredientes

70g quinoa

70g arroz vermelho (pode substituir por outro arroz, inclusive branco)

5g feno grego

2,5g sal

Modo de preparo

Misture todos ingredientes e cubra com água até um centímetro acima dos grãos, para que eles hidratem durante 8 horas (faça de noite, eles estarão prontos de manhã). Coloque a mistura no liquidificador com mais água se for necessário (um centímetro acima dos grãos) e bata até formar um creme. Transfira para um pote com tampa, e deixe fermentar de 1 a 3 dias, até que você veja as bolhas, e ele expanda. Adicione mais água, se necessário, para que sua dosa fique na consistência necessária para se fritar uma panqueca.

A maneira de se fazer é exatamente igual a uma panqueca: Aqueça uma frigideira e coloque um pouco de manteiga, banha ou óleo vegetal. Com a ajuda de uma concha, despeje uma pequena quantidade da mistura por vez, espalhando bem por toda a superfície. Quando secar, vire e deixe dourar até ficar crocante.

Possibilidades de cobertura: sirva com geleia de fruta, molho de iogurte masala, frutas cruas, mel, óleo de côco, abacate, chucrute, tahine e mel, sorvete, etc.

 

7 comment on “Receita de dosa de quinoa e arroz vermelho”

    1. Comment author Fernando Goldenstein Carvalhaes,

      Olá!
      Pode sim! Ele é apenas a especiaria clássica das dosas. Como não traz estrutura nem influencia na textura da massa, você pode colocar o aroma que desejar 🙂

  1. Carolina Viesi,

    Gratidão! Fiz com o arroz negro e ficou maravilhosa!
    Sou de Campinas e não vejo a hora de conhecê-los pessoalmente.
    Tenho uma loja de produtos orgânicos e naturais @emporioviver e começaremos a vender seus produtos
    Sou apaixonada por esse conceito!

  2. Ane Laboissière,

    Estou começando a me interessar pela fermentação, mas não entendo nada do processo – sou analfabeta no assunto.
    Vi essa receita e tive vontade de experimentar, mas ficaram algumas dúvidas.
    Na alimentação viva, hidratamos sementes para que germinem. O processo é: lavar bem os grãos (cinco vezes) e deixar de molho por 8 a 12 horas, conforme o grão, e depois deixar germinar, no ar ou na água, conforme o grão. A água do molho é sempre descartada.
    Para fazer a dosa de quinoa e arroz vermelho o processo de lavagem é o mesmo? E após as 8 horas de molho vocês descartam a água do molho ou somente acrescentam mais água até atingir o nível necessário?

    1. Comment author Fernando Goldenstein Carvalhaes,

      Não é necessário lavar o arroz e a quinoa diversas vezes, a fermentação é um processo muito mais poderoso que a germinação na quebra dos anti nutrientes.
      Abraços!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© Companhia dos Fermentados | Resgatando a cultura da fermentação