Metrópoles (DF)
0

O físico Fernando Goldenstein e o designer e fotógrafo Leonardo Andrade criaram em São Paulo a Cia dos Fermentados com o objetivo de resgatar e defender a fermentação natural como forma de ativismo sociopolítico. Por meio do projeto, a dupla se opõe fervorosamente à adição sistemática de conservantes químicos aos alimentos que consumimos.

A partir daí, eles se dedicam a recuperar técnicas de transformação e conservação que acompanham milenarmente a humanidade. Três delas a dupla vai ensinar aos brasilienses em oficinas promovidas pela Carota, empresa de Brasília especialista em produtos naturais e artesanais.

Sexta-feira (28/10) e sábado (29/10), na Objeto Casa (302 Sul), Fernando e Leonardo ministram aulas sobre kombucha (sexta, das 14h às 18h), conservas láticas (sábado, das 14h às 18h) e levain (sábado, das 8h às 12h). Cada uma delas com inscrição no valor de R$ 250.

Bebida probiótica
Kombucha é uma bebida probiótica produzida com a fermentação de um chá ou infusão, frisante, sem adição de químicos. É famosa pelas suas propriedades e contém vitaminas do completo B e C, além de enzimas que auxiliam a digestão de microrganismos benéficos para a saúde.

Na oficina de conservas láticas, a dupla vai ensinar técnicas para manter os alimentos por mais tempo sem usar substâncias que matam os microrganismos de que necessitamos para o bom funcionamento do nosso metabolismo — o que é comum nos métodos de conservação industrial.

E, por fim, na oficina de levain, os participantes vão conhecer o passo a passo para produzir fermento natural — o levain — a partir do zero (e de diversas maneiras). Os Fermentados também vão esclarecer sobre aspectos nutricionais do pão, farinhas brancas e integrais e tipos de assamento.

Escreva um comentário

Seu endereço de e-mail não será divulgado.

TOP